Notícias

Economista explica preços elevados dos combustíveis no Brasil, apesar da queda internacional

Nesta quarta-feira (20), o petróleo, nos Estados Unidos, atingiu a menor cotação desde 2003: foi negociado a menos de US$ 28, com queda de mais de 5%. Isso tem ocorrido porque a oferta do produto está maior que a demanda no mundo. Esse movimento tem sido observado desde meados de 2014. Somente no último ano, a variação negativa passou de 50%.
Mesmo assim, no Brasil, o valor dos combustíveis não parou de crescer, especialmente a partir de outubro de 2015, após o reajuste de preços aplicado pela Petrobrás. Em um ano, a gasolina subiu, em média, 20% no país. O diesel teve alta de cerca de 13%.
Em entrevista à Agência CNT de Notícias, o economista Adriano Paranaiba, professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás e pesquisador da UnB, falou de fatores que explicam esse cenário. Ele também abordou as dificuldades do país para retomar investimentos em infraestrutura ...

Vendas de caminhões novos caem, praticamente, pela metade em 2015

Queda de 47,7%

Em 2015 foram comercializados 47,7% menos caminhões que em 2014, segundo levantamento da Anfavea
Em 2015 foram comercializados 47,7% menos caminhões que em 2014, segundo levantamento da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). No ano passado, foram licenciadas 71,7 mil novas unidades, contra 137,1 mil do ano anterior. Somente em dezembro, a queda foi de 59%: foram 5,6 mil unidades vendidas contra 13,7 mil de dezembro de 2014. A produção de caminhões também retraiu de um ano para o outro, com 74,1 mil unidades em 2015 e 140 mil em 2014, baixa de 47,1%.
Fonte: Agência de Notícias CNT
...